Bem-vindos ao Gal Gadot Brasil, sua fonte brasileira de notícias sobre a atriz Gal Gadot. Aqui você encontrará uma variedade de notícias traduzidas, fotos, informações sobre projetos e muito mais. Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para continuar se mantendo atualizado. Visite também a nossa galeria de fotos para ter acesso a imagens em alta qualidade da Gal. Somos um site sem fins lucrativos, não-oficial e sem qualquer afiliação à Gal ou qualquer pessoa associada a ela. Todos os vídeos e fotos pertencem aos seus respectivos donos, a não ser que seja informado o contrário. Agradecemos a sua visita e esperamos que volte sempre.

Durante a press tour de Liga da Justiça em Londres, para divulgar o filme, o elenco concedeu diversas entrevistas para vários canais de comunicação do mundo todo. Deste a vez, Gal conversou com o jornal NZ Herald da Nova Zelândia. Confira abaixo!

Gal fala sobre interpretar mais uma vez a Mulher-Maravilha e como ela tem lida com a figura materna com os recém-chegados ao grupo, The Flash e Ciborgue.

“Obviamente, ela está mais experiente e tem mais compreensão do mundo agora, mas em seu interior, ela é basicamente a mesma personagem: ela ainda está cheia de amor, cheia de compaixão e se preocupa com as pessoas”, explica Gadot. “Ela também sente um maior senso de responsabilidade do que antes, especialmente com Flash e Ciborgue, porque ela os trouxe para a equipe e eles não têm experiência, são humanos e podem ser mortos”.

 

Gal também falou sobre a importância da Mulher-Maravilha para as mulheres e as meninas e sobre a retirada da personagem como Embaixadora da ONU.

Gadot admite que interpretar um personagem tão amado teve outro efeito colateral surpreendente para ela na vida real: inesperadamente a transformou em modelo e influenciadora para inúmeras mulheres e meninas. “É divertido porque nunca pensei nisso quando consegui o papel, mas agora sinto a importância do jeito que eu carrego e da mensagem que eu apresento ao mundo a fora, desde o momento que interpretei ela”, diz ela. “Isso é, especialmente assim como vivemos em uma era em que as mídias sociais significam que você pode ter milhares de seguidores que olham para você. Então, mesmo que eu não seja tão especial quanto as pessoas possam pensar – eu sou apenas uma atriz que teve a sorte para retratar esse personagem – ainda sinto que tenho uma responsabilidade para mulheres e meninas. Por isso, quando encontro com fãs – especialmente os jovens – é importante para mim mostrar-lhes algo positivo, algo de bom”.

É uma opinião que as Nações Unidas também pareciam compartilhar – embora brevemente – quando designaram Mulher-Maravilha a ser “Embaixadora Honorária para o Empoderamento de Mulheres e Meninas”

“Sim, eles fizeram, antes de mudar de ideia quando causou um barulho”, responde Gadot, claramente assustada com a decisão da ONU de retrair posteriormente a honra quando causou um barulho. “Achei realmente estranho que eles fizeram isso porque se trata de capacitar as mulheres com modelos positivos que promovem a igualdade, a justiça, os bons valores, o amor e a aceitação. Acho que a Mulher-Maravilha engloba tudo isso, por isso teria sido realmente bom tê-la nesse papel”.

 

Ben Affleck, que também estava presente na entrevista, falou sobre o desempenho da Gal como a heroína.

“Gal fez um trabalho incrível com esse personagem”, diz Affleck. “Ela transformou a Mulher-Maravilha de uma caricatura de desenho animado em um biquíni, com um jato invisível, em uma heroína verdadeiramente inspiradora e poderosa. É o mesmo com todos esses caras neste filme – todos levantaram a barreira com suas performances. Eu tenho a maior admiração e respeito por eles e o que eles conquistaram”.

 

Fonte | Tradução e adaptação – Gal Gadot Brasil

Deixe um comentário!
Agenda

Velozes & Furiosos 5 as 00h40, no Telecine Action
Velozes & Furiosos 4 as 14h15, no Megapix
Liga da Justiça as 12h40, na HBO 2
Início das filmagens de Morte no Nilo em Londres