Bem-vindos ao Gal Gadot Brasil, sua fonte brasileira de notícias sobre a atriz Gal Gadot. Aqui você encontrará uma variedade de notícias traduzidas, fotos, informações sobre projetos e muito mais. Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais para continuar se mantendo atualizado. Visite também a nossa galeria de fotos para ter acesso a imagens em alta qualidade da Gal. Somos um site sem fins lucrativos, não-oficial e sem qualquer afiliação à Gal ou qualquer pessoa associada a ela. Todos os vídeos e fotos pertencem aos seus respectivos donos, a não ser que seja informado o contrário. Agradecemos a sua visita e esperamos que volte sempre.

Gal Gadot conversou com a Parade Magazine sobre Mulher-Maravilha 1984 e falou sobre a parceria com Patty Jenkins para dar vida à heroína. Confira:

Por que a Mulher Maravilha ainda não tem seu próprio filme?! Fãs frustrados e impacientes da heroína da DC Comics perguntaram isso por anos enquanto vários super-heróis da lista A e B apareceram na frente e no centro das telonas. Quando Mulher-Maravilha finalmente estreou no verão de 2017, a resposta de repente se tornou óbvia: Porque tínhamos que esperar Gal Gadot aparecer.

A atriz israelense de 35 anos é tão perfeita no papel da princesa amazona que é impossível imaginar outra pessoa usando o dourado Laço da Verdade. Deixando de lado a notável semelhança física e elegância natural (ela foi vencedora do Miss Israel em 2004, afinal), a própria Gadot é uma lutadora feroz que passou dois anos na Força de Defesa de Israel como uma instrutora de prontidão para combate. Seu primeiro filme foi Velozes e Furiosos em 2009, onde ela fez suas próprias cenas de ação. Outros três filmes na franquia seguiram.

Mas tudo mudou quando ela foi escalada como a Mulher-Maravilha em Batman v Superman: A Origem da Justiça em 2016. “O processo inteiro dos testes foi tão confidencial que eu nem percebi de primeira que estava sendo testada para a Mulher-Maravilha,” Gadot revela. “Quando me contaram, eu fiquei muito emocionada e animada porque eu sabia que ela era um grande nome da casa.” Seu filme solo chegou em 2017 e prontamente se tornou um dos maiores blockbusters do ano – e entregou uma declaração de que o público estava realmente clamando para ver uma mulher forte e poderosa em ação. Ela adiciona, “O sucesso desse filme me fez sentir que poderíamos ter uma mudança e que essas mudanças seriam importantes.”

Então, para onde uma princesa amazona vai após derrotar um deus do mal para acabar com a Primeira Guerra Mundial? Para a década do excesso, é claro. Em Mulher-Maravilha 1984, a amada heroína (também conhecida como Diana Prince) enfrenta a Mulher-Leopardo (Kristen Wiig) durante a era da Guerra Fria e luta pelo seu lugar no mundo.

Gadot, que é casada com o imobiliário israelense Yaron Varsano e é mãe de duas meninas, falou com a Parade no telefone da casa da família em Los Angeles no dia 10 de março.

Os trailers de Mulher-Maravilha 1984 não revelam muito. O que você pode compartilhar?
Nós vamos continuar a explorar. Sabe, o último filme foi a história de amadurecimento da Diana e como ela se tornou a Mulher-Maravilha. Agora, ela está por aqui por algumas décadas, ajudando a tornar o mundo um lugar melhor. Mas ela também tem dificuldades. Ela é muito solitária e não quer se relacionar com as pessoas porque ela não quer se machucar ao perdê-los novamente. E então algo louco acontece e ela precisa lidar com isso. Eu não posso contar mais do que isso sem revelar spoilers.

Como a personagem da Kristen Wiig aparece em tudo isso? Suas personagens não começam sendo amigas?
Fiquei tão feliz que a Kristen aceitou o papel. Ela se tornou uma amiga muito próxima. Ela é muito talentosa, tão inteligente e realmente tem o potencial. Sim, Barbara é uma personagem que começa vulnerável e insegura. E então ela se transforma em uma pessoa obscura e ameaçadora. Diana vê muito na Barbara que ela gostaria de ter, e Barbara sente o mesmo sobre Diana. Honestamente, ela é minha vilã favorita. Ela é muito durona, sexy, engraçada e sofisticada.

E Steve Trevor também está de volta, mesmo tendo morrido em Mulher-Maravilha.
Ooh, eu não posso dizer muito sobre isso.

Mas sabemos que o Chris Pine está no filme!
Ele está lá. Olha, Chris Pine tem sido uma parte integral da franquia. Ficamos muito tristes que o personagem dele morreu. Estou muito feliz que a diretora Patty Jenkins e o co-roteirista Geoff Johns conseguiram achar um jeito de trazê-lo de volta para a história de uma forma muito inteligente. Nós nunca teríamos feito se não coubesse na história.

Como um filme que se passa em 1984 ainda é relevante?
Sabe, 1984 foi o auge de tudo em termos de finanças. Nós tínhamos tudo e ainda queríamos mais e éramos tão ambiciosos, como se nada fosse o bastante nunca. Você pode ver como isso se encaixa no agora.

Deve ter sido divertido brincar na década, mesmo que você não tivesse nascido até 1985!
Foi super divertido! Nós temos figurinos incríveis, estilos e maquiagem. É elegante e colorido.

Elegante? Então você não vai usar aquele cabelo grande?
Sim! Meu cabelo está bem maior. E nós temos as ombreiras e… como vocês chamam aquelas botas brancas que você empurra até embaixo? Nós temos todos os elementos dos anos 80 que são super legais, na moda e retrô.

O primeiro filme mudou o jogo no gênero. Há muita pressão para uma sequência.
Com um segundo filme, eu sinto que levamos para o próximo nível. É tão ambicioso e complicado de filmar. Há várias histórias. Nos preparamos por seis meses e filmamos por quase oito. Demos tudo o que tínhamos para trazer a melhor história que podíamos. Estou muito orgulhosa do resultado porque é tão querido por mim e estou muito animada para vocês assistirem. Vocês acabaram de ver o trailer. Isso é só um gostinho!

Honestamente, você esperava que fosse um fenômeno?
Acho que você nunca pode antecipar um impacto. Patty e eu sempre acreditamos que estávamos fazendo algo especial, e acho que essa é a chave. Se você está fazendo algo especial para você mesma e dando tudo de si, então você pode esperar que as pessoas irão ler e entender isso. Tivemos sorte que esse foi o caso. Sou muito grata pelo jeito que foi recebido.

Mas por que você acha que foi tão bem recebido?
As pessoas estavam esperando por uma história liderada por uma mulher de um jeito muito autêntico. É engraçado dizer a palavra “autêntico”, porque ela é uma super-heroína, mas estamos contando a história de uma perspectiva feminina e tivemos certeza de que seria universal. Para homens, mulheres, meninos, meninas, todo mundo. Ela não era essa mulher forte e durona que já sabia de tudo. Ela tinha medos e preocupações e nós gostamos de explorar suas imperfeições e vulnerabilidades. Essas coisas são verdadeiras na humanidade. Nós conseguimos fazer a personagem centrada e acessível desse jeito.

Como interpretar um personagem heroico te afetou pessoalmente?
Uau. Essa é uma ótima pergunta. Tem sido uma jornada incrível que eu nunca poderia ter antecipado, e eu aproveitei cada momento ao trazer essa personagem para a vida. Mas vou dizer que quando me disseram que eu teria meu próprio filme, eu fiquei super nervosa. Eu nunca fui o título. Era importante para mim trazer algo bom para o mundo e trazer uma personagem que importasse. Me senti como aquela garotinha olhando para o Monte Kilimanjaro sem saber como escalar. Mas Patty, Chris e eu nos tornamos uma família e essa personagem se tornou natural para mim. Na verdade, eu penso nela em coisas que faço na minha vida realmente. Penso sobre quando uma coisa é apropriada para a Mulher-Maravilha. Ela se tornou uma grande parte de mim.

Então, o que há depois para você e a Mulher-Maravilha na franquia da DC?
Eu faria qualquer coisa para continuar a trazer as histórias dela para o cinema e para todo mundo. Patty e eu estamos completamente na mesma página. A visão dela é completamente alinhada com o que eu quero fazer. Nós queremos trazer coisas boas para o mundo. Estamos em tempos tão sombrios, é importante trazer uma luz e positividade.

Fora do tópico, preciso dizer que seu inglês é lindo. Eu nunca poderia ter feito essa entrevista em hebraico.
Oh, meu Deus, muito obrigada! Isso significa muito porque sempre me preocupo com meu inglês e minha gramática por causa do hebraico. Sinto que nunca está perfeito.

Fonte | Tradução e adaptação: Gal Gadot Brasil

Deixe um comentário!
Agenda

Velozes & Furiosos 5 as 00h40, no Telecine Action
Velozes & Furiosos 4 as 14h15, no Megapix
Liga da Justiça as 12h40, na HBO 2
Início das filmagens de Morte no Nilo em Londres